Artroplastia do Joelho

voltar

Procedimento cirúrgico recomendado após a criteriosa avaliação clínica do paciente.

O médico que já acompanha o paciente regularmente poderá realizar essa avaliação, gerando assim o elo entre o pré-operatório e o pós-operatório.

O fisioterapeuta orientará sobre os exercícios que são fundamentais durante o processo de recuperação do paciente. As recomendações sobre a utilização de muletas ou bengalas canadenses são muito importantes. Elas serão usadas por até 6 semanas pelo paciente para proteção da prótese do joelho. Os exercícios de fisioterapia são iniciados, mesmo com alguma dor para o paciente, pois é essencial para o resultado pós-cirúrgico.

O joelho receberá um dreno, durante a cirurgia, para evitar que o sangue fique acumulado na região. A retirada desse dreno ocorre no segundo dia após a operação, de acordo com as orientações médicas ao paciente. É o momento em que o paciente será colocado em pé para iniciar os primeiros passos e também os exercícios para o joelho com o fisioterapeuta.

Os antibióticos são prescritos para uso a partir da operação até 48 horas depois. O uso de medicamentos é reduzido no terceiro dia. A alta é recomendada pelo médico ao paciente após 1 semana de pós-operatório, com a retirada dos pontos de sutura entre 10 e 15 dias.

O pós-operatório é acompanhado nas consultas, sempre com radiografia atual do joelho: a primeira em 6 semanas (paciente estará caminhando sem suportes), a segunda em 6 meses (índice de recuperação em 90%), a terceira em 1 ano, passando então ao controle anual.

Eventualidades: O uso de sonda para pacientes com dificuldade para urinar e a transfusão sangüínea com base nos resultados dos exames de sangue feitos para controle após a cirurgia.


Primeira Consulta

O atendimento personalizado compreende algumas orientações para sua primeira inicial com o especialista, sobre o seu problema de joelho:

1. Evolução da doença | quando começou, como está agora

2. Tratamento | quais tratamentos já realizou e quais medicamentos fez ou faz uso

3. Histórico familiar | outros parentes com mesmo problema

4. Histórico clínico | uso de remédios para outros problemas (hipertensão, diabetes)

5. Exames | trazer exames recentes (especialmente de radiografias)

6. Dúvidas | anote suas perguntas num papel para não esquecer durante a consulta

As orientações médicas para procedimentos não-cirúrgicos, determinados durante a avaliação do paciente, incluem o uso de medicamentos, de suportes (bengalas) ou a fisioterapia.

Av. Cândido Hartmann, 570 | conjunto 241 | 8730-440 | Champagnat | Curitiba - PR